Páginas

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Namorada de Dirceu ganha cargo de confiança no Senado com salário de R$ 12 mil

Garantia de estabilidade, altos salários e uma rotina confortável. O serviço público no Brasil é um mundo restrito ao qual só existem duas formas de chegar. A primeira – alternativa da maioria dos brasileiros – requer estudo, sacrifício e dedicação para conseguir uma vaga via concurso público. Já a segunda, aberta a poucos privilegiados, exige apenas ter os amigos certos nos lugares certos. A recepcionista Simone Patrícia Tristão Pereira chegou perto disso justamente por essa segunda via. Dona de competências profissionais desconhecidas, ela conquistou um emprego invejável: desde agosto ocupa o cargo de especialista em marketing de relacionamento no Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), órgão de capacitação do Senado Federal. Com salário de 12 800 reais, horário flexível e pouco ou quase nada para fazer, a moça não precisou se esforçar muito para chegar lá. Bastou acionar as pessoas certas – ou, no caso dela, a pessoa certa: o ex-ministro José Dirceu, réu condenado a dez anos e dez meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha no escândalo do mensalão. O casal assumiu meses atrás um namoro que começou há alguns anos.http://jornaldehoje.com.br/namorada-de-dirceu-ganha-cargo-de-confianca-no-senado-com-salario-de-r-12-mil/

'Só não aplica a lei juiz comprometido, medroso ou engajado', diz Barbosa


Em evento, presidente do STF falou sobre os problemas do Judiciário e fez um apelo para que próximo presidente da República busque a 'simplicidade' no sistema jurídico


Barbosa fala durante o Exame Fórum 2013 - Evelson de Freitas/Estadão
Barbosa fala durante o Exame Fórum 2013
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, criticou nesta segunda-feira, 30, a influência política no Judiciário e a complexidade do sistema jurídico no País. "Deixem o juiz em paz; que siga na carreira sem influência política", disse o magistrado, que participou do Exame Fórum 2013. Barbosa disse ainda acreditar que "que quando o juiz quer, ele aplica a lei" e que "só não aplica a lei quem é comprometido, medroso ou politicamente engajado".
O ministro do STF também aproveitou para fazer um apelo e disse que o primeiro pedido a ser feito ao próximo presidente da República seria pela busca da simplicidade no sistema jurídico. "Pediria que se sentasse com os presidentes das duas Casas (Câmara e Senado) e do tribunal (o Supremo) e que buscasse simplicidade, eficiência e eficácia. Mas, sobretudo, simplicidade", afirmou.
Em sua avaliação, o sistema jurídico brasileiro é o mais confuso que existe e seria necessário acabar com essa "herança de Portugal" no País. O magistrado criticou ainda o excesso de processos em tramitação no STF e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), criado para receber grande parte das demandas do STF, mas acabou por tornar-se em mais uma instância recursal do Supremo, "que, por sua vez, está super congestionado".
Excesso de tribunais. O presidente do STF criticou ainda a existência de vários tribunais no Brasil e pediu a valorização dos juízes de primeira instância. "Aumentar gastos públicos com novos tribunais é uma ilusão e não é solução para o aumento da produtividade", disse Barbosa. "É preciso criar um sistema constitucional em que a sociedade brasileira esteja unida em prol do nosso país."
Neste ano, Barbosa se envolveu em uma polêmica com políticos e entidades representativas da magistratura por causa da Emenda Constitucional 73, que prevê a construção de quatro novos Tribunais Regionais Federais (TRFs). Após ser aprovada pelo Congresso, a criação dos novos TRFs foi vetada por Joaquim Barbosa ao acolher um recurso da Associação Nacional de Procuradores Federais.  http://www.estadao.com.br 

Pagamento de 92% dos servidores já está creditado nas contas


O Governo do Estado, por meio da secretaria de Planejamento e Finanças, informa que o salário de todos os servidores programados para serem pagos hoje (30), já está creditado em suas contas.
A explicação sobre o atraso do pagamento dos funcionários foi dada em uma entrevista coletiva realizada na última quinta-feira (26), concedida pelo controlador Geral do Estado, Anselmo Carvalho; secretários Obery Rodrigues (Planejamento e Finanças), Álber Nóbrega (Administração), Luiz Roberto Fonseca (Saúde); consultor Geral do Estado, José Marcelo Ferreira; e pelo presidente do Ipern, José Marlúcio Diógenes.
No balanço, foi detalhada a frustração de receita vivenciada pelo RN, que em dois anos acumula queda de R$ 500 milhões apenas do Fundo de Participação dos Estados (FPE), composto basicamente por tributos federais como Imposto de Renda e IPI. Em cerca de 20 estados da federação, o cenário é o mesmo. Em alguns, já foram tomadas medidas mais radicais, como extinção de secretarias e demissão de cerca de 4 mil pessoas.
Receberam hoje, 30, os servidores da educação, saúde, segurança (Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e ITEP), efetivos da UERN e Defensoria Pública, e órgãos de arrecadação própria como Detran, IPERN e Idema. No dia 10 de outubro, terão seus salários creditados os demais servidores que recebem acima de R$ 3 mil. O RN tem atualmente 101.265 servidores e o total da folha líquida de pagamento é de R$ 297.819.006,00.http://www.defato.com

domingo, 29 de setembro de 2013

PENSANDO BEM!!!

“Quem não arrisca nada não precisa de esperança para nada.”Friedrich Schiller

ABSURDO! POLICIAL CIVIL RECEBE CONTRA-CHEQUE SEM NADA PARA RECEBER POR CAUSA DA GREVE

Um Policial Civil nos enviou uma foto do seu contracheque. O Governo do Estado descontou as faltas e o salário líquido no contracheque simplismente é de R$ 0,00. A greve dos Policiais Civis é considerada legal e o Supremo Tribunal Federal (STF) tem várias decisões que não se pode cortar salário de grevista, a não ser que se neguem a pagar o banco de horas na negociação.
Adquirimos informações que mesmo quem faz parte dos 30% e está trabalhando teve seu salário cortado. http://heronidesmangabeira.com/?p=2465#more-2465

sábado, 28 de setembro de 2013

PENSANDO BEM!!!

“Tempos tristíssimos nos quais quem tem um pouco de coração e inteligência é necessariamente um mártir quotidiano”Giovanni Papini

A SAÚDE PUBLICA DO BRASIL ESTA AGONIZANDO, A DO MUNICÍPIO DE SÃO PEDRO ESTA MORTA.

Jose Mateus: internado no Hospital em São Paulo, por algumas horas 
exame de sangue mostrando alteração na glicemia
Boletim de atendimento médico mostrando alteração na pressão arterial 

Hoje pela manhã por volta das 08h00, o idoso de 79, JOSE MATEUS FRANCO foi até o posto de saúde de São Pedro a procura de atendimento médico, segundo informações também da idosa LINDALVA esposa de Jose Mateus, o seu esposo foi atendido recebendo os primeiros socorros, fizeram o teste de glicemia, verificação de pressão arterial, ficando constatado que ambos estavam alterados, segundo os idosos nenhuma providência foi tomada, apenas disseram que nada poderiam fazer, pois estavam sem médico, após esta resposta os idosos resolveram retornarem para casa, a rua: Antonio Menezes a aproximadamente uns 500 (Quinhentos metros) do posto de saúde a pé, que próximo a sua residência o idoso JOSE MATEUS teve um mal subido e desmaiou que este blogueiro estava próximo a residência do idoso, ouviu os gritos dos vizinhos pedindo socorro, chegando lá realmente constatei que o idoso estava desacordado coloquei-o em meu veículo com destino ao posto de saúde de nossa cidade, mas no trajeto LINDALVA esposa do idoso me disse já venho do posto não tem médico, fiquei muito surpreso, pois a atual administração anunciou que nos finais de semana no posto de saúde do município de São Pedro, iria manter plantão médico durante 24h00, este blogueiro pergunta por que este cidadão saiu do posto de saúde já que haviam constatado alterações na pressão arterial e na glicemia? Chegando ao Hospital Regional de São Paulo do Potengi  realmente ficaram constatadas as alterações, pois o idoso ficou internado por algumas horas até voltar o seu estado normal, isto é um absurdo, este blogue esta a disposição de alguém responsável pela saúde pública de nosso município que queira expressar-se a respeito do assunto.

Importante: a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos; b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos; c) O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem. É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.             

MORAL E ÉTICA: TEXTO 1






;O que é ética, o que é moral? É a mesma coisa ou há distinções a serem feitas? Há muita confusão a respeito disso. (…) Na linguagem comum, do cotidiano, e mesmo culta, ética e moral são sinônimos. Assim dizemos: “aqui há um problema ético” ou “um problema moral”. Com isso emitimos um juízo de valor sobre alguma prática pessoal ou social, ou seja, afirmamos se essa prática é boa, má ou duvidosa. Isso é emitir um juízo de valor. Mas, aprofundando a questão, percebemos que ética e moral não são sinônimos. A moral trata (…) dos costumes, hábitos e valores aceitos por uma determinada sociedade. Por isso, não é correto afirmar que exista uma única moral e sim várias, pois ela muda de acordo com a cultura de uma determinada sociedade. (…) Sendo assim, o que é moralmente aceito em uma sociedade pode não ser em outra. (…) No caso da ética, pode-se afirmar que ela é parte da filosofia. O que significa essa afirmação? Significa dizer que ela está pautada em princípios e valores que orientam pessoas e sociedades. Nesse caso, a ética analisa e questiona a conduta humana. A ética faz as seguintes perguntas: isto é correto? Isto é justo? Esta prática está de acordo com o bem comum? Ela é como se fosse um juiz que vai dar a sentença entre aquilo que está correto ou não. Nesse caso, uma pessoa é ética quando se orienta por princípios e convicções que não agridem o bem-estar da sociedade, pois enriquecem a vida em grupo. Dizemos, então, que essa pessoa é ética, pois tem caráter e boa índole. Fonte: http://alainet.org/active/4005&lang=es
TEXTO 2
   A confusão que acontece entre as palavras Moral e Ética existem há muitos séculos. A própria etimologia destes termos gera confusão, sendo que Ética vem do grego “ethos” que significa modo de ser, e Moral tem sua origem no latim, que vem de “mores”, significando costumes.

     Esta confusão pode ser resolvida com o esclarecimento dos dois temas, sendo que Moral é um conjunto de normas que regulam o comportamento do homem em sociedade, e estas normas são adquiridas pela educação, pela tradição e pelo cotidiano. Durkheim explicava Moral como a “ciência dos costumes”, sendo algo anterior a própria sociedade. A Moral tem caráter obrigatório.

    A palavra Ética, Motta (1984) define como um “conjunto de valores que orientam o comportamento do homem em relação aos outros homens na sociedade em que vive, garantindo, outrossim, o bem-estar social”, ou seja, Ética é a forma que o homem deve se comportar no seu meio social.

   A Moral sempre existiu, pois todo ser humano possui a consciência Moral que o leva a distinguir o bem do mal no contexto em que vive. Surgindo realmente quando o homem passou a fazer parte de agrupamentos, isto é, surgiu nas sociedades primitivas, nas primeiras tribos. A Ética teria surgido com Sócrates, pois se exige maior grau de cultura. Ela investiga e explica as normas morais, pois leva o homem a agir não só por tradição, educação ou hábito, mas principalmente por convicção e inteligência. Vásquez (1998) aponta que a Ética é teórica e reflexiva, enquanto a Moral é eminentemente prática. Uma completa a outra, havendo um inter-relacionamento entre ambas, pois na ação humana, o conhecer e o agir são indissociáveis.

       Em nome da amizade, deve-se guardar silêncio diante do ato de um traidor? Em situações como esta, os indivíduos se deparam com a necessidade de organizar o seu comportamento por normas que se julgam mais apropriadas ou mais dignas de ser cumpridas. Tais normas são aceitas como obrigatórias, e desta forma, as pessoas compreendem que têm o dever de agir desta ou daquela maneira. Porém o comportamento é o resultado de normas já estabelecidas, não sendo, então, uma decisão natural, pois todo comportamento sofrerá um julgamento. E a diferença prática entre Moral e Ética é que esta é o juiz das morais, assim Ética é uma espécie de legislação do comportamento Moral das pessoas. Mas a função fundamental é a mesma de toda teoria: explorar, esclarecer ou investigar uma determinada realidade.

    Moral, afinal, não é somente um ato individual, pois as pessoas são, por natureza, seres sociais, assim percebe-se que a Moral também é um empreendimento social. E esses atos morais, quando realizados por livre participação da pessoa, são aceitas, voluntariamente.

    Pois assim determina Vasquez (1998) ao citar Moral como um “sistema de normas, princípios e valores, segundo o qual são regulamentadas as relações mútuas entre os indivíduos ou entre estes e a comunidade, de tal maneira que estas normas, dotadas de um caráter histórico e social, sejam acatadas livres e conscientemente, por uma convicção íntima, e não de uma maneira mecânica, externa ou impessoal”.

     Enfim, Ética e Moral são os maiores valores do homem livre. Ambos significam "respeitar e venerar a vida". O homem, com seu livre arbítrio, vai formando seu meio ambiente ou o destruindo, ou ele apóia a natureza e suas criaturas ou ele subjuga tudo que pode dominar, e assim ele mesmo se torna no bem ou no mal deste planeta. Deste modo, Ética e a Moral se formam numa mesma realidade.

A ÉTICA É O NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO.

Cuidado. A vida testa você. Seja ético. Caminhos não éticos são atalhos que conduzem a abismos! A palavra “ética” deriva da forma grega ethos, que significa caráter. Embora existam várias abordagens para a ética, sua prática estabelece as atitudes que correspondem ao bem para o indivíduo e para a sociedade.
Alguns valores éticos imprescindíveis: lealdade, transparência, responsabilidade, honestidade, sigilo, prudência, compreensão, imparcialidade, solidariedade, respeito, integridade, comprometimento.
A conduta ética é uma expressão do caráter do indivíduo. Profissionais éticos possuem, em seu caráter e histórico de carreira, seu maior patrimônio.

Quando vivemos de maneira ética, somos sempre os principais beneficiados, pois nossa vida será pautada por princípios nobres e experiências significativas. A ética nos concede o merecimento da vitória! Sem ética, nenhuma “conquista” tem valor. Fonte: Robson Pires

Quem vai determinar que a governadora Rosalba também fique longe da Governadoria?

Opinião de um Repórter
Por Thyago Macedo
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte determinou que os policiais civis e servidores do ITEP fiquem longe do Centro Administrativo. A alegação é que os grevistas estariam colocando dificuldades no andamento dos trabalhos no complexo do Poder Executivo do RN e para o restante da população. Pois bem, se o argumento é esse, eu pergunto: quem vai determinar que a governadora Rosalba Ciarlini também fique longe da Governadoria?
A decisão do desembargador Cláudio Santos atendeu a um pedido do próprio Governo do Estado. O magistrado afirma: “defiro o pedido para determinar que os sindicalizados e diretores do Sinpol não criem quaisquer dificuldades, embaraços ou obstáculos ao acesso de quaisquer pessoas, cidadãos ou mesmo servidores públicos, ao Centro Administrativo, delegacias de plantão, Degepol e ITEP, os quais deverão ficar a uma distância mínima de 200 metros dos órgãos acima citados”.
Se o problema são os “embaraços e obstáculos” aos quais os cidadãos são submetidos, por exemplo, para ter acesso a uma delegacia de plantão ou ao ITEP, acho que não é justo punir só os grevistas. Que eu me lembre, muito antes das greves, filas e mais filas se formavam diariamente na Coordenadoria de Identificação (onde se faz identidade) lá no ITEP.
As delegacias de plantão há muito tempo não dão conta da demanda da grande Natal. Se um cidadão for assaltado em Parnamirim, há noite ou nos finais de semana, tem que ir até o bairro de Candelária, em Natal, para registrar o boletim de ocorrência. E aí, de quem é a culpa desse obstáculo?
Fora isso, inúmeros são os “embaraços e obstáculos” que os cidadãos encontram para receber atendimento de saúde no Hospital Walfredo Gurgel, por exemplo. Incontáveis são as dificuldades encontradas pela população para matricular e manter os filhos em uma escola da rede pública.
A população pode até encontrar dificuldades em virtude da greve dos policiais civis e servidores do ITEP, mas muitas outras dificuldades já existem e são sim de responsabilidade do Governo do Estado, que tem como figura central a governadora Rosalba Ciarlini. Então, não seria também o caso de mantê-la distante 200 metros do Centro Administrativo?

Enxugando gelo

Via Besta Fubana...
pé de cabra
Isso daí que vosmicê tá veno, é um verdadeiro “pé-de-cabra”, né não?
ana-mara-2
Lá incima tem um “pé-de-cabra”. Aqui tem um “´pé-de-rabo”!
cachorro cagão
AQUI É UM CACHORRO CAGÃO.

Operação prende portiguares assaltantes de banco, 16 carros de luxo e R$ 50 mil no Tocantis

presos
Polícia Civil dos Estados de Mato Grosso e Tocantins desarticulou a quadrilha do “Novo Cangaço”, que roubou três agências bancárias e os Correios, no dia 9 de setembro, no município de Vila Rica. Dez mandados de prisão preventiva e 11 buscas e apreensão foram cumpridos nesta sexta-feira na cidade de Palmas e Paraíso do Tocantins.
Sete homens foram presos no estado do Tocantins na operação desencadeada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, em conjunto com a Delegacia Especializada Investigações Criminais Complexas (Deic), da Polícia Civil do Tocantins e a Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil do Pará, que mobilizou 35 policiais.
Durante ação, as polícias dos estados apreenderam R$ 50 mil do dinheiro roubado em Vila Rica, 16 veículos, sendo dois caminhões e cinco motocicletas, além de duas pistolas ponto 40, dois revólveres e carregador com munição de fuzil 7,62. Entre os automóveis estão um Toyota Corolla, zero km, comprado na quinta-feira, com dinheiro do assalto, um Honda Civic, um Golf, um Siena, uma EcoSport, um Celta e outras modelos populares.
Os presos Francisco Evanaldo Gomes, Regis Wagnes Alves de Lima, Ivanildo Pereira Cavalcante, Wenias Wagner Rodrigues e Antonio Aparecido de Oliveira Ferreira, tiveram mandados de prisão cumpridos, sendo quatro em Palmas e um em Paraíso do Tocantins. As ordens de prisão foram decretadas pela comarca de Vila Rica, em Mato Grosso.http://www.blogcardososilva.com.br/

ERICK PEREIRA NÃO VÊ FATO JURÍDICO PARA AFASTAR ROSALBA DO CARGO: "HÁ NO RN UM IMPEACHMENT SOCIAL".

Juridicamente, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ainda não tem o que temer sobre a possibilidade de perder seu mandato, como já reivindicaram alguns deputados estaduais. Mas, na sociedade, a situação é quase irreversível. Esta é a opinião do advogado e especialista em Direito Eleitoral, Erick Pereira.
“Há no RN, hoje, um impeachment social. Você vê essa negativa, essa rejeição de um governo absolutamente desastrado, precisa apenas analisar os aspectos de aceitação. Não sei se há tempo de recuperação, não sei se há coragem de enfrentamento de reeleição.
Não acredito em impeachment jurídico, Mas se fizer uma análise de impeachment social, impeachment ético, moral, infelizmente a grande expectativa que se teve desse governo foi uma grande decepção”, disse Erick Pereira.
O advogado alertou que esta sensação não é sua, mas traduzida nos resultados divulgados em quase todas as pesquisas qualitativas e de intenção de voto no Rio Grande do Norte. Resultado “da frustração daquela expectativa de melhora da sua cidade e Estado, e hoje vê apenas um caos de falta de comando no RN. É isso que existe, não apenas um sentimento local, mas algo que se escuta em vários pontos. O aspecto negativo é muito forte e isso é ruim para todos nós”.
Ainda de acordo com Erick, o afastamento da governadora, no aspecto jurídico, é improvável. Para o advogado, esta é uma “via muito estreita”, onde seriam necessários “requisitos suficientes para que possa fazer a mobilização”, o que envolveria os desembargadores do Tribunal de Justiça e os deputados estaduais. “E não há fato específico e determinado que caracterize isto”, disse, em referência ao fato de não haver denúncias de improbidade claras contra a atual gestão.
O primeiro a pedir o impeachment da governadora foi o deputado estadual Fernando Mineiro (PT). O petista acusou Rosalba Ciarlini de não destinar os 25% do orçamento para o setor da educação, como é obrigada por lei. Segundo o parlamentar, a democrata estaria colocando neste cálculo o pagamento de servidores aposentados e inativos, como forma de inflar o número.
Depois, foi a vez do também deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) se posicionar a favor da saída de Rosalba. O peemedebista disse que a população já estava cobrando os representantes da Assembleia Legislativa, e que era preciso tomar alguma atitude em relação a isso. Algumas entidades sindicais, que lideraram recentes movimentos grevistas, também cogitam o afastamento da gestora.
Esta semana, foi a vez do juiz de Mossoró, Cláudio Mendes Júnior, também cobrar de forma pública o impeachment de Rosalba. O magistrado disse que a governadora era “ímproba e incompetente” e defendeu o uso de mecanismos constitucionais para afastar maus administradores de suas funções públicas. Além disso, ainda criticou o Ministério Público, por não perceber os “absurdos” feitos neste governo.

Trabalhadores realizam “Marcha da Mordaça” contra Governo

grevistas rn
Os trabalhadores da Segurança Pública, Saúde, Educação e bancários do Rio Grande do Norte fizeram um ato conjunto na tarde desta sexta-feira (27) na Avenida Rio Branco, Centro de Natal, para repudiar as recentes medidas governamentais contra o funcionalismo estadual, além de decisões judiciais que afrontam as conquistas trabalhistas no estado.
Denominada “Marcha da Mordaça” em referência às proibições de protestos em prédios públicos por parte dos servidores em greve, a mobilização chamou a atenção de comerciantes, vendedores, consumidores, além de motoristas. Muitos se solidarizaram com o ato demonstrando sua insatisfação com a administração estadual.
Os grevistas da Polícia Civil e Itep se reúnem em assembleia novamente a partir das 8h da próxima segunda-feira (30) na sede do SINPOL para definir as ações da semana.

PMs PROMOVIDOS NÃO TIVERAM SALÁRIO ATUALIZADO

Alguns policiais militares tem sofrido há mais de um ano com um problema que é confirmado pelo Comando Geral da PM: a patente foi concedida a eles, mas os vencimentos não foram atualizados. A estimativa das associações de praças e oficiais militares estima que cerca de 200 servidores estejam nessa situação.
De acordo com o presidente da Associação dos subtenentes e Sargentos da PM e dos Bombeiros (ASSPMBM-RN), Eliabe Marques, pelo menos 60 cabos foram promovidos e exercem a função sem receber o vencimento como tal. Além deles, 38 sargentos estariam recebendo como cabo entre os praças. “Tem muitos subtenentes que já foram para a reserva e ainda recebem como primeiro sargento”, disse.
Segundo o capitão Antoniel Moreira, que preside a Associação dos Oficiais Militares (Assofme-RN), a situação dos praças se assemelha a de aspirantes e tenentes.
O comandante geral da PM, Coronel Araújo Silva, confirma que a situação já se estende há mais de um ano e justifica que o período de espera se deu por falta de condições de pagamento. “No caso dos oficiais, são dois processos específicos. Um era de 14 aspirantes que recebiam como alunos, mas que já estão recebendo como aspirantes, e de 16 tenentes que recebem como aspirante, mas que estão com processo em andamento para que no mês de outubro já recebam como tenentes”, explicou.
TRIBUNA DO NORTE

PRAÇAS RECLAMAM FALTA DE CONCURSO PARA PROMOÇÃO

Os praças da Policia Militar sofrem com a falta de concursos internos, que é o meio para a progressão de soldados e cabos na carreira. O último concurso que permitiria a ascensão de cabo para sargento foi realizado há 16 anos. Além disso, o último concurso realizado pela PM que possibilitaria aos soldados que se tornassem cabos foi realizado há 12 anos.
De acordo com o coronel Araújo, já existe previsão de 800 vagas de sargento e 1.300 de cabo, contudo, o preenchimento dessas vagas está condicionado à aprovação da Lei de Promoção de Praças, que é um dos pleitos da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM e dos Bombeiros do Rio Grande do Norte (ASSPMBM-RN).
“Esse processo está tramitando na Secretaria de Administração para ir à Consultoria Geral do Estado para emissão de um parecer jurídico sobre a lei. Essa lei irá possibilitar a médio e longo prazo que o PM entre como soldado e chegue a subtenente, que é o final da carreira dos praças. A lei depende também do aval da Secretaria de Planejamento, que é quem prevê o orçamento”, informou o comandante geral da PM. Segundo Eliabe Marques é preciso “para resolver o problema, o Governo tem que acelerar esse processo para corrigir distorções”.
TRIBUNA DO NORTE

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Boletins de ocorrência passam a ser registrados na Degepol

A mudança valerá a partir da próxima segunda-feira (30) e enquanto durar a greve da Polícia Civil.

Os registros de boletins de ocorrência em Natal, que estavam sendo feitos no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, deverão ser registrados na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol). A mudança valerá a partir da próxima segunda-feira (30) e enquanto durar a greve da Polícia Civil.
A Degepol está localizada à Avenida Interventor Mário Câmara, nº 2550, no bairro Cidade da Esperança, em Natal. O atendimento ao público será realizado mediante distribuição de fichas, no mesmo modo que vinha sendo feito no Comando da PM. Os Boletins de Ocorrência serão registrados de segunda a sexta-feira a partir das 08 horas e serão distribuídas 90 fichas por dia.http://nominuto.com

Trabalhadores realizam “Marcha da Mordaça” contra Governo

Várias categorias se uniram para protestar contra decisões prejudiciais à classe trabalhadora do RN.

DSCN6491-(Custom)
Os trabalhadores da Segurança Pública, Saúde, Educação e bancários do Rio Grande do Norte fizeram um ato conjunto na tarde desta sexta-feira (27) na Avenida Rio Branco, Centro de Natal, para repudiar as recentes medidas governamentais contra o funcionalismo estadual, além de decisões judiciais que afrontam as conquistas trabalhistas no estado.
Denominada “Marcha da Mordaça” em referência às proibições de protestos em prédios públicos por parte dos servidores em greve, a mobilização chamou a atenção de comerciantes, vendedores, consumidores, além de motoristas. Muitos se solidarizaram com o ato demonstrando sua insatisfação com a administração estadual.
Os grevistas da Polícia Civil e Itep se reúnem em assembleia novamente a partir das 8h da próxima segunda-feira (30) na sede do SINPOL para definir as ações da semana.http://nominuto.com

TRÊS DEPUTADOS FEDERAIS DO RN RESPONDEM CRIMINALMENTE NO SUPREMO.

João Maia, Paulo Wagner e Rogério Marinho são os parlamentares que respondem a processos criminais no STF.

O site Congresso em Foco divulgou um levantamento que aponta que de cada dez parlamentares federais, quatro respondem no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de participação em crimes. O número é recorde desde que a instituição iniciou os levantamentos, em 2004.
São 542 inquéritos e ações penais envolvendo 224 deputados e senadores, dentre os quais três da bancada do Rio Grande do Norte: João Maia, presidente estadual do PR; Paulo Wagner, do PV; e Rogério Marinho, do PSDB, que foi deputado e agora pode voltar ao cargo se Betinho Rosado, do DEM, perder a cadeira por infidelidade partidária.
Segundo a relação, João Maia responde ao inquérito 3324 por suspeita de crime contra o Sistema Financeiro Nacional. Segundo a Procuradoria Geral da República, há indícios de que operou instituição financeira sem a devida autorização, quando dirigiu a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN). No caso de Paulo Wagner, mostrado pelo portalnoar.com como o deputado que mais utilizou a cota indenizatória até agosto deste ano, responde a ação penal 706, por calúnia e injúria.
O tucano Rogério Marinho responde aos inquéritos 3026 e 3386, por falsidade ideológica e crimes contra a ordem tributária. É importante lembrar que Betinho Rosado pediu a desfiliação do DEM e corre o risco de perder o mandato por infidelidade partidária. Se isso acontecer, Marinho, que atualmente é secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo Rosalba Ciarlini, pode voltar para a Câmara Federal.

Fonte: Ciro Marques/Portal No Ar

MPF PROCESSA DEPUTADA POR "VENDER" O MANDATO.

Em Rondônia, o Ministério Público Federal abriu um processo judicial sui generis. Envolve um caso raro de improbidade administrativa. Na campanha de 2010, uma deputada estadual comercializou o mandato com financiadores de sua campanha. Documentada em cartório, a transação foi tão extravagante que comprometeu até o benefício da dúvida.
A deputada se chama Ana Lúcia Dermani de Aguiar. Foi às urnas com o codinome de Ana da Oito. De acordo com o procurador Reginaldo Trindade, autor da denúncia, ela teve parte de sua campanha financiada por dois personagens: Alberto Ferreira Siqueira, o Beto Baba; e Fernando Braga Serrão, o Fernando da Gata. Ambos respondem a processo por estelionato e tráfico de drogas.
A Procuradoria levou aos autos documento batizado de “Declaração de Compromisso”. Na peça, registrada num cartório de Porto Velho, a então candidata Ana da Oito reconhece ter recebido “ajuda” de R$ 150,3 mil. E assume o compromisso de partilhar com os doadores os dividendos do seu futuro mandato.
Ana da Oito comprometeu-se a entregar: 33% de todos os rendimentos do gabinete, a vaga de chefe de gabinete, um posto de assessor com salário de R$ 3 mil, além de 10% de todas as emendas ao Orçamento do Estado de Rondônia. Assinam o documento a agora deputada e Beto Baba.
Há também no processo um “recibo de quitação de pagamento”. Nele, Beto Baba declara ter recebido de Ana da Oito a cifra de R$ 549 mil, atribuída a um empréstimo financeiro. Os dois documentos foram periciados. Não há vestígio de montagem. As assinaturas foram consideradas autênticas. A despeito das evidências, os envolvidos negam a prática de malfeitos.
Antes da abertura da ação por improbidade administrativa, a Procuradoria Regional Eleitoral já havia denunciado Ana da Oito junto ao TRE de Rondônia. Acusou-a de falsidade ideológica e corrupção passiva. Demonstrou-se que a prestação de contas da campanha da deputada estadual omite o grosso das verbas arrecadadas.
De resto, o procurador Reginaldo Trindade enviará cópia da ação penal protocolada contra Ana da Oito à Assembléia Legislativa de Rondônia. Para ele, a deputada “reduziu a função legislativa a um balcão de negócios.” Acredita que “a forma mais singela e rápida” de obter uma punição “é no julgamento político”. Otimista, espera que os colegas punam a “afronta à democracia”.

Fonte: Josias de Souza

PENSANDO BEM!!!

Precisar de dominar os outros é precisar dos outros. O chefe é um dependente. Fernando Pessoa

GOVERNO DO ESTADO DIVULGA LISTA DE PROFESSORES COM HORAS SUPLEMENTARES

De São Pedro a lista conta com 7 nomes de profissionais que tiveram acrescidos nos seus contra-cheques as 10 horas suplementares referentes ao período de 01 de agosto a 23 de dezembro de 2013. Confira abaixo:
Fonte: http://atualidadesp.blogspot.com.br/

A gata da sexta feira, tarados! Tira ou não tira?

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

C S S tá foda

tpm

PENSANDO BEM!!!

“Apesar de todos os medos, escolho a ousadia”. Lya Luft

Eduardo Campos quer candidatura própria do PSB no RN

De acordo com a assessoria do PSB, Eduardo Campos teve acesso às últimas pesquisas e reconheceu o potencial eleitoral da ex-governadora.

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, confirmou ontem (25) o desejo do partido de ver Wilma de Faria candidata ao governo no Rio Grande do Norte.  O governador de Pernambuco externou o desejo em reunião extraordinária da Comissão Executiva Nacional, em Brasília. 
O presidente da legenda, Eduardo Campos, confirmou em conversa isolada com Wilma: as candidaturas majoritárias no RN são de interesse da executiva nacional do PSB. 

De acordo com a assessoria, Eduardo Campos teve acesso às últimas pesquisas e reconheceu o potencial eleitoral da ex-governadora.

Dilma Rousseff confirma visita ao RN para o dia 2 de outubro

Presidenta vai inaugurar três unidades do IFRN e entregar os diplomas de 4 mil formandos do Pronatec.

Confirmada a visita da presidenta Dilma Rousseff ao Rio Grande do Norte na próxima semana. Houve alteração apenas na data. 
Em vez do dia 1º de outubro (terça-feira), ela virá no dia 2, quarta-feira. A informação é da deputada federal Fátima Bezerra após comunicação do Palácio do Planalto.
Dilma vai inaugurar três unidades do IFRN - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - nos municípios de Ceará-Mirim, São Paulo do Potengi e Canguaretama. A solenidade pode acontecer no campus do IFRN em Natal, na Avenida Salgado Filho, ou na sede do IFRN em Ceará-Mirim.
A presidenta Dilma também vai entregar os diplomas de 4 mil formandos do Pronatec - Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego.http://nominuto.com

terça-feira, 24 de setembro de 2013

PENSANDO!!!

“Dentro da pedra já existe uma obra de arte. Eu apenas retiro o excesso de mármore!”Michelangelo

CGU destitui Rosemary Noronha após denúncia de tráfico de influência

rosemarySerá divulgada amanhã (25) no Diário Oficial da União a destituição de cargo público de Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe do gabinete regional da Presidência da República em São Paulo, denunciada por tráfico de influência na Operação Porto Seguro. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), Rosemary Noronha foi punida “com a conversão da exoneração em destituição de cargo público, pena que equivale à demissão para servidores sem vínculo com o serviço público, ocupantes apenas de cargo em comissão”.
De acordo com a decisão, a ex-chefe do gabinete “ficará impedida de retornar ao serviço público federal”, não apenas por cinco anos, punição comum em casos de proibição, mas por tempo indeterminado, pois incorreu em crime de improbidade administrativa. Em janeiro deste ano, a investigação do caso foi encaminhada à CGU após Sindicância Investigativa conduzida pela Casa Civil da Presidência da República.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

MUNICÍPIOS ESTÃO AUTORIZADOS A UTILIZAR O TRANSPORTE ESCOLAR MUNICIPAL PARA UNIVERSITÁRIOS.

Os estudantes universitários poderão utilizar o transporte escolar municipal. A decisão foi da presidente Dilma Rousseff, que promulgou uma emenda, criando a Lei Federal n.º 12.816/13. A confirmação foi divulgada pelo deputado federal Wilson Filho (PMDB).
Com a criação da Lei Federal, os gestores municipais devem procurar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para regulamentar o uso do veículo oficial no transporte universitário, junto ao Governo Federal. De acordo com a emenda promulgada pela presidente, os veículos poderão ser usados na área rural, no transporte de estudantes da zona urbana e da educação superior.
Para Wilson Filho, que pediu providências imediatas – na Câmara Federal – a utilização do transporte pelos estudantes do ensino superior, o aval do Governo Federal vai contribuir para que alunos de mais de 200 municípios possam ter acesso à universidade.
“Era até uma incoerência: os ônibus doados pelo Governo Federal não poderiam ser usados pelos estudantes universitários, mesmo sendo a União responsável pelo ensino superior. Foi uma vitória para os estudantes. O benefício vai possibilitar que muitos deles que estavam sem estudar devido à proibição, antes da promulgação, utilizem o transporte escolar”, comemorou o deputado, informando que os gestores ficaram livres de locar e adquirir novos ônibus.
CONFIRA O TEOR
Art. 5º - A União, por intermédio do Ministério da Educação, apoiará os sistemas públicos de educação básica dos Estados, Distrito Federal e Municípios na aquisição de veículos para transporte de estudantes, na forma do regulamento.
Parágrafo único. Desde que não haja prejuízo às finalidades do apoio concedido pela União, os veículos, além do uso na área rural, poderão ser utilizados para o transporte de estudantes da zona urbana e da educação superior, conforme regulamentação a ser expedida pelos Estados, Distrito Federal e Municípios.
MOVIMENTO
O movimento em defesa do transporte escolar municipal para os universitários originou-se no Estado da Paraíba. Essa flexibilização permite que estudantes de nível superior residentes em pequenos e longínquos municípios também possam utilizar o transporte escolar, em especial, no período noturno, quando os ônibus escolares estão ociosos. Isso diminui as dificuldades de acesso e de conclusão do ensino superior, pois apenas na Paraíba existem mais de 200 municípios que não possuem campus universitário.

Fonte: http://almeidanoticias.com/ , com informações do site Caminho da Escola

Caso dos Gafanhotos: ex-deputado Dadá Costa é condenado a onze anos de reclusão

Dadá Costa
DADÁ COSTA
Em dezembro de 20004 o Ministério Público Estadual ingressou com ação de peculato contra o ex-deputado estadual Dadá Costa, Fernando Freire, Ivete Nóbrega de Melo Costa, Delânia Melo de Medeiros, ex-prefeito de São José do Seridó, Bosco costa, Morvanildo Firmino de Lucena e Maria do Socorro Dias de Oliveira sob a suspeita de prática de peculato e falsidade documental.
O grupo estaria envolvido no suposto “Caso dos Gafanhotos”, fraude cometida contra os cofres do Governo do Estado na gestão do ex-governador Fernando Freire. O escândalo começou a ser desvendado em 2003. Naquele ano, alguns servidores da prefeitura de São José do Seridó receberam notificação da Receita Federal dizendo que os valores declarados ao Imposto de Renda não correspondiam com os ganhos dos cargos que ocupavam no Governo do Estado.
As investigações da Polícia Civil descobriram que o prefeito repassou os dados dos servidores para o irmão, o então deputado estadual Dadá Costa, aliado do governador Fernando Freire. O juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos condenou hoje (23) o ex-deputado Dadá Costa pena concreta e definitiva de 11 (onze) anos, 05 (cinco) meses e 18 (dezoito) dias de reclusão e 172 (cento e setenta e dois) dias-multa (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A SENTENÇA COMPLETA DOS ENVOLVIDOS).

PROPAGANDA ENGANOSA

O governo da presidente Dilma Rousseff está entrando na reta final, e o que se pode concluir é que a marca dos quatro anos da primeira mulher a chefiar o Executivo brasileiro será a da decepção. Do ponto de vista econômico, a técnica, que era apontada em campanhas de marketing como grande gestora, será carimbada pela perversa combinação de baixo crescimento e inflação alta. Politicamente, o retrato a ser observado pelas próximas gerações será o de um comando desastroso, que, por falta de visão e excesso de pretensão, repetiu erros do passado ao se aliar ao que de pior há entre os partidos que lhe dão sustentação.

Afeita a críticas como forma de encobrir a incompetência de sua equipe, Dilma fez opções erradas que vão custar caro ao país. Acreditou que, por estar sustentada em índices recordes de aprovação popular, poderia seguir um caminho próprio, batizado de nova matriz econômica. Com uma visão intervencionista, sempre pautada em interesses eleitoreiros, acreditou no equívoco de que um pouquinho mais de inflação poderia levar o país a um crescimento mais forte.

Fora da realidade, teve a convicção de que o Estado seria capaz de tocar todos os projetos de infraestrutura que o Brasil necessita para se modernizar e se tornar mais competitivo. No primeiro ano de governo, anunciou obras espetaculares, garantindo que, como gestora experiente e mãe do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida, tinha conhecimento de sobra para pôr em prática empreendimentos que mudariam a cara do país. No segundo ano, nada do que Dilma havia anunciado tinha saído do papel. Infelizmente, prevaleceu a ineficiência.

Mesmo com a clareza da incapacidade do governo de tocar as obras, a presidente resistiu, por ideologia, aos apelos para que os projetos de infraestrutura fossem transferidos à iniciativa privada. Quando se convenceu de que o Estado nada podia, deu ouvidos a auxiliares de que os empresários deveriam ter o mínimo de lucro possível com rodovias, aeroportos, ferrovias e portos. Inflada por marqueteiros, lançou os programas de concessões em cerimônias pomposas no Palácio do Planalto, eventos repletos de promessas de um Brasil melhor. Tudo propaganda enganosa.

Corrupção corre solta

Agora, às vésperas de mergulhar de vez na campanha da reeleição, Dilma está tomando uma sova da desconfiança que ajudou a disseminar pelo país. Pior, não bastasse a incompetência da gestão, são cada vez mais frequentes os casos de corrupção envolvendo indicados dos partidos que a presidente tanto conta para sair vitoriosa das urnas em 2014.

No Ministério do Trabalho, comandado pelo PDT, metade da cúpula já caiu por ter surrupiado pelo menos R$ 400 milhões dos cofres públicos por meio de convênios fraudulentos. Nos últimos dias, o Planalto foi obrigado a exonerar um assessor direto da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, do PT, e um funcionário da total confiança do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, do PMDB, por participarem de uma gangue que lavou pelo menos R$ 300 milhões em pouco mais de um ano e meio, roubando, principalmente, dinheiro da aposentadoria de servidores municipais.

E que ninguém se espante se o próximo alvo da Polícia Federal for o Ministério da Agricultura, que foi entregue ao PMDB do deputado Eduardo Cunha (RJ), cuja ficha corrida espanta até os mais espertalhões da Esplanada. Ou seja, a faxina que Dilma tanto alardeou logo depois que tomou posse também não passou de marketing. Só fez o que fez porque precisava, naquele momento, prestar contas às denúncias da imprensa.

Opção pela incompetência

Com Dilma entrando na reta final de seu mandato, os investidores começam a montar os cenários do que poderá ser um segundo governo da petista. De uma coisa todos estão convencidos: se conseguir a reeleição, ela terá de lidar com toda a herança maldita que criou desde 2011, ao ser leniente com a inflação, ao priorizar a arrogância em vez do diálogo, ao incentivar a gastança e avalizar a maquiagem fiscal, ao se afastar do capital e acreditar em um Estado superpoderoso, que poderia, com dinheiro público, eleger empresas vencedoras, como as dos grupos de Eike Batista e Marfrig, todas simbolizando o fracasso de políticas equivocadas.

Se ao menos conseguisse botar os pés no chão e parasse de culpar os pessimistas pelos erros do governo, talvez Dilma indicasse um horizonte melhor a partir de 2015. Um caminho seria dar autonomia formal ao Banco Central, que hoje está totalmente sem crédito para tocar a política de combate à inflação. Outro, seria pôr fim à indexação do salário mínimo ao Produto Interno Bruto (PIB) e à inflação passada. A indexação do piso salarial é, atualmente, a principal responsável pela resistência dos preços dos serviços, que se mantêm acima de 8% no acumulado de 12 meses, dificultando a convergência da carestia para o centro da meta, de 4,5%, perseguida pelo BC.

Nas contas dos analistas, apenas esses dois pontos seriam capazes de reduzir em pelo menos um ponto percentual o custo de vida projetado pelo mercado para 2014, de 5,9%. Nesse contexto, Dilma poderia reduzir os juros, mesmo com o dólar se acomodando acima de R$ 2,30 para ajudar as exportações e reduzir o rombo das contas externas, e não precisaria se preocupar tanto com a mudança da política monetária do Federal Reserve (Fed), o BC dos EUA, que deu uma trégua, mas continua sendo uma ameaça assustadora para o Brasil do atraso, que vigora hoje.

Apesar de medidas que não exigiriam tanto desgaste do governo, poucos acreditam que a presidente optará por elas. A tendência é de que prevaleça a miopia da arrogância, comportamento típico dos incompetentes. http://www.dzai.com.br/nunes/blog/blogdovicente?tv_pos_id=138273

Brasília, 00h01min

EM PARCERIA COM O MDA, GOVERNO DO ESTADO ENTREGOU 18 CAMINHÕES PIPA NO RN.

Primeiros 18 carros-pipa serão entregues amanhã (23). A expectativa é que ajuda semelhante chegue a 149 cidades do Rio Grande do Norte
Primeiros 18 carros-pipa serão entregues amanhã (23). A expectativa é que ajuda semelhante chegue a 149 cidades do Rio Grande do Norte
"É preciso encontrar soluções e desenvolver ações de convivência com a seca e a entrega desses dezoito caminhões pipa complementa o trabalho que estamos realizando desde o início do ano". Foi com essas palavras que a governadora Rosalba Ciarlini ressaltou a importância da parceria do Governo do Estado e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que no mês de abril, com os prejuízos causados pela longa estiagem no semi-árido potiguar, intensificaram as medidas estruturantes e emergenciais no interior do Rio Grande do Norte.
Nesta manhã (23), dezoito prefeitos potiguares, de um total de 149 beneficiados, receberam cada um, da governadora e do delegado do MDA, Raimundo da Costa Sobrinho, as chaves dos caminhões pipa que vão complementar o trabalho iniciado com a entrega de 163 retroescavadeiras, 149 motoniveladoras, 80 caminhões caçambas e 36 pá carregadeiras. Os equipamentos vão apoiar também o conjunto de obras realizadas pelo Governo do Estado, como a perfuração e aparelhamento de poços, construção de 17 mil cisternas, além de mais de 700 quilômetros de adutoras, construção de mais de mil barragens submersas e das barragens de Umarizeira, Santa Cruz, Poço de Vara, Pedra Branca e Oiticica que já está em andamento.
A entrega aconteceu no auditório da Escola de Governo e contou com a presença dos prefeitos de Boa Saúde, Paulo de Souza Segundo; de Ipueira, Paulo de Brito; Itajá, Lucélio Guimarães; Jaçanã, Esdras Fernandes; Janduís, Ligia de Souza; Japi, Robson Wanderley; Jardim de Angicos, Sueli Fonseca; Jardim de Piranhas, Elídio Araújo; Jardim do Seridó, Padre Jocimar Dantas; José da Penha, Antônio Dólar; Ielmo Marinho, Bruno Patriota; Ipanguaçu, Leonardo da Silva; Grossos, José Maurício Filho e Guamaré, Hélio de Miranda.
Segundo o delegado geral do MDA, a previsão é que até o próximo mês de fevereiro, todos os 149 municípios recebam os carros pipa. "A entrega desses veículos vem de encontro a todas as nossas ações, que contam com o apoio do Governo do Rio Grande do Norte. Precisamos continuar dialogando com as comunidades rurais para encontrarmos mais formas de minimizar os efeitos da estiagem".
Para o secretário de Assuntos Fundiários, Rodrigo Fernandes, é fundamental que sejam destacadas as ações realizadas pelo Governo Estadual. "O RN está inserido no Programa Nacional de Crédito Fundiário. Estamos distribuindo títulos de terra de forma eficaz e continuada e até o final do ano serão entregues aproximadamente cinco mil títulos. Além de tudo isso, mantemos uma comissão especial que, regularmente, todas as segundas-feiras, se reúne para discutir os problemas e as possíveis soluções para a seca do interior do estado".
A Chefe do Executivo Potiguar afirmou que existe uma preocupação permanente no Comitê de Combate à Seca, para que as medidas cheguem a todos os municípios do estado. "Já estamos avançando, com todos esses projetos e equipamentos, e vamos continuar agindo assim. Vamos persistir, avaliar e superar as adversidades", disse Rosalba Ciarlini.
O representante dos prefeitos favorecidos, Padre Jocimar Dantas, de Jardim do Seridó, falou sobre a situação do Seridó potiguar. "Toda a zona rural do Seridó está com sérios problemas de abastecimento, não temos água de qualidade para oferecer a população e a chegada desses caminhões pipa certamente vai resolver o problema de muitas famílias e também dos criadores de animais. Vamos ter água de qualidade".
A governadora Rosalba Ciarlini, antes de dar início à solenidade de entrega dos carros pipa, deu as boas-vindas ao grupo de artesãos reunido em um dos mini-auditórios da Escola de Governo. O grupo, junto com a secretária de Ação Social, Shirley Targino, vai discutir os novos rumos, necessidades e investimentos previstos para a atividade no Rio Grande do Norte.

Fonte: Assecom

Presidente do STF apressa revisão de votos do mensalão

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, deve concluir a revisão de seus votos e produção do texto que resume as decisões da fase de análise dos recursos do julgamento do mensalão até esta segunda-feira (23). Com isso, a publicação do documento que pode definir o momento da prisão de parte dos réus dependerá apenas da liberação dos votos revisados pelos demais ministros.

Segundo a Folha de São Paulo, após a publicação do acórdão, 13 réus que não possuem direito aos chamados embargos infringentes – que garantirá a revisão de seus processos– poderão ser intimados a cumprir suas penas. Neste grupo de réus estão o delator do mensalão, Roberto Jefferson, e os deputados Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT), todos com penas abaixo de oito anos, o que os levará ao regime semiaberto.
joaquim-barbosa-banheiro
Importante: a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos; b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos; c) O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem. É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

O Rio Grande do Norte ainda espera pelo seu 'super-homem'

Quando eleito presidente da Câmara dos Deputados, para ocupar o terceiro maior posto na escala do Poder do País, Henrique Eduardo Alves assumiu, sem cerimônia, a condição de “super-homem” para o Rio Grande do Norte. Os potiguares, cansados da fragilidade de nossos representantes em Brasília (DF), acreditaram que havia chegado o momento de o Elefante voar.
Em qualquer esquina, se ouvia: “Peça a Henrique que ele resolve; o homem tá poderoso.” Fosse qual fosse o problema. Faltou água? Chame Henrique. Está sem segurança? Chame Henrique. Obras de mobilidade? Chame Henrique. Faltou açúcar para o café? Chame Henrique. E se o galo não cantar às 4h da madrugada? Henrique canta.
Exagero à parte, era assim mesmo que a população via o herdeiro de Aluízio Alves.
Hoje, nove meses depois, o presidente da Câmara dos Deputados não conseguiu corresponder à expectativa. Ele não resolveu absolutamente nada. É fato. Agora, tire-se o chapéu para sua habilidade em se autopromover. Veja só: os projetos do Governo do Estado aprovados pelo Governo Federal (vários em execução) foram usados por Henrique como se fossem de sua autoria.
Enumere-se:
1 – aeroporto de São Gonçalo;
2 – barragem de Oiticica;
3 – duplicação da Reta Tabajara (BR-304);
4 – Arena das Dunas (estádio da Copa 2014);
5 – duplicação da BR-304 entre Natal e Mossoró (sequer existe o projeto licitado); entre outros.
Neste último item (pasme!), Henrique chegou a fazer publicidade na televisão, usando o horário gratuito eleitoral do PMDB, com imagens da rodovia como se estivesse duplicada.
Não vai daqui o interesse deliberado de diminuir a importância de Henrique na conquista de alguns desses benefícios para o RN. No entanto, é a mesma importância dos outros 10 membros da bancada federal potiguar, que lutaram juntos, tendo como condutor o Governo do Estado.
Pois bem...
Nem Henrique é o “super-homem” que se propôs a ser, nem pode ser visto como uma completa decepção, afinal ele é poderoso lá em Brasília (DF), principalmente em momento de o PMDB enquadrar a presidente Dilma.
Porém, a sua atuação em prol de seus conterrâneos está muito aquém da esperança depositada nele. No duro, Henrique Alves está devendo uma resposta ao Rio Grande do Norte.
Ainda é tempo. Quem sabe, num lampejo de poder, ele não consiga a construção do novo aeroporto de Mossoró. Estaria aí selada a sua passagem na presidência da Câmara dos Deputados e, quem sabe, apagado de vez o rótulo de "deputado Copa do Mundo", conferido pelo PT potiguar.http://www.defato.com/noticias/25847/o-rio-grande-do-norte-ainda-espera-pelo-seu-super-homem