Páginas

sexta-feira, 29 de julho de 2016

PENSANDO BEM:

Na política, existem apenas duas coisas imutáveis: a ingenuidade dos eleitores e a desonestidade dos políticos.

Presídio ganha torres para o bloqueio de sinal de celular

PEP
Tribuna do Norte – A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) iniciou a instalação das torres de bloqueio de sinal de telefonia celular nos arredores da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na Região Metropolitana de Natal. A medida chamou a atenção de presos custodiados na unidade prisional que, além de fotografarem as estruturas, enviaram áudios em redes sociais convocando os membros do Sindicato do Crime para “botar o bang pra funcionar em todo o Estado”.
O titular da Sejuc, Wallber Virgolino da Silva Ferreira, negou que as torres bloqueiem o sinal de telefonia móvel, destacando que elas abrigarão sistemas de videomonitoramento por infravermelho para dar mais segurança ao presídio. Entretanto, fontes da TRIBUNA DO NORTE que atuam na Sejuc confirmaram que os equipamentos são, de fato, para bloquear o sinal de telefonia celular.
Em um dos áudios que circulam nas redes sociais desde a tarde de ontem, um suposto apenado que se identifica como “Cabeça do Acre” diz: “Aí! Então, família. Forte abraço aí do irmão Cabeça do Acre. Aí, então: tô mandando essas fotos pros irmão (sic) aí para antecipar aí a torre de bloqueio de celular que estão colocando aqui no PEP. Tão entendendo? Os irmão fique aí ciente que qualquer bloqueio, qualquer pá (sic) aí, vamo botar o bang pra funcionar. Firmeza? O estado todo geral, tremer geral. Firmeza? É nóis aqui na fita, mano. Estamos junto”, frisou o homem. Agentes penitenciários que atuam na custódia dos presos no PEP e em outras unidades prisionais mantidas pela Sejuc relataram que o clima nas penitenciárias é tenso e que há um “salve geral” em articulação que pode ocorrer neste fim de semana.
À TN, o secretário Wallber Virgolino disse que as torres não são para bloqueio de sinal de telefonia móvel. “Não são torres de bloqueio de celular. São torres para instalação de câmeras de videomonitoramento, inclusive, com infravermelho”, assegurou. Sobre os áudios que circulam nas redes sociais convocando os presos para rebeliões simultâneas, como as ocorridas em março de 2015, Wallber Virgolino disse que tinha “ouvido vários”, mas que não dará vez a “vagabundo”. “A estratégia está montada. Se agirem como estão dizendo, iremos dar uma resposta dura. Não iremos admitir nenhum vagabundo tirar onda com o Estado”, afirmou. Indagado sobre a instalação das torres de bloqueio de sinal de celular, visto que ele negou que os equipamentos fotografados pelos presos tivesse tal fim, ele assegurou que “dependiam de assinatura de contratos”.

“Lula é o tipo de político que precisa ser varrido para o lixo da história”, diz Rogério Marinho

rogerioPT
Não satisfeito em negar todas as acusações feitas pela Justiça e recorrer ao velho discurso do “eu não sabia de nada”, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva resolveu protocolar, nesta quinta-feira (28), uma petição no Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o juiz federal Sérgio Moro e os procuradores da Operação Lava Jato, alegando “falta de imparcialidade” e “abuso de poder”. A medida foi contestada pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB): “Lula acha que está acima da lei”.
Para Rogério Marinho, Lula chega ao fim de sua vida pública de forma melancólica. “Ele [Lula] que, em algum momento, representou na cabeça dos brasileiros a sensação de uma política nova, de uma política diferente, na verdade era o Cavalo de Troia, porque sempre foi, e a história demonstrou, alguém que esteve a serviço do aparelhamento do estado, da corrupção, do fisiologismo, do clientelismo, do atraso, do dogmatismo. Lula é o tipo de político que precisa ser varrido para o lixo da história, e isso vai acontecer em breve. Esse tipo de manifestação da parte dele só nos deixa mais confiantes de que essa aura, essa mitologia, está com os seus dias contados”, completou.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Pré-candidatos a prefeito têm dificuldade para encontrar vice

20141007015903_cv_URNAELETRONIC23_gdeDentro de dez dias, termina o prazo para que os partidos políticos realizem suas convenções e escolham os candidatos a prefeito e vice-prefeito. Este é também o prazo para que as legendas deliberem sobre as coligações.
Mesmo com a proximidade da data, o cenário permanece indefinido em muitos municípios, com a maioria dos partidos ainda sem confirmar as coligações e quem concorrerá a vice. em São Pedro esta sobrando vice-prefeitos para os candidatos a prefeitos ao cargo do executivo Municipal tem gente levando rasteirakkkk, para que tanta arrogância e correria se ninguem veio aqui para ficar...

Governador Robinson destaca ações de enfrentamento à crise no RN

robinson98
O governador Robinson Faria detalhou o cenário econômico atual e apontou as medidas de contenção de gastos e de recuperação financeira adotadas pelo atual gestão, durante entrevista à 98FM, na noite desta terça-feira (26). “Nossa luta para contornar a crise financeira é permanente”, afirmou.
Entre as ações, o governador destacou a publicação do decreto determinando cortes de gasto em todo o governo, que deve reduzir o custeio das secretarias em até 30%, com exceção de saúde e segurança. Robinson também citou o censo dos servidores, realizado para corrigir anomalias que pudessem existir na folha de ativos e de inativos.
“Fizemos o ajuste fiscal necessário. Mas enquanto a gente melhora o padrão de gastos e corrige anomalias, a arrecadação brasileira vem caindo. A nossa arrecadação estadual vem se mantendo, mas há frustração em relação aos repasses federais. A governabilidade está muito mais difícil que antes”, ponderou o governador, antes de esclarecer que o estado, por ser pequeno e pouco industrializado, depende 50% do repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e dos royalties de petróleo, cujo volume caiu consideravelmente nos últimos anos. “A frustração de receitas já ultrapassa R$ 800 milhões”, acrescentou.
Para criar uma perspectiva positiva ainda em 2016, no entanto, Robinson levou ao presidente interino Michel Temer, uma carta assinada por governadores do Norte e Nordeste que pede uma compensação para os estados com pequenas dívidas à União. A medida já anunciada pelo Governo Federal contempla apenas os grandes devedores, como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Sul.

Justiça determina que servidores da segurança recebam salário até o dia 30

Os servidores estaduais ativos ou inativos ligados à Segurança Pública do Rio Grande do Norte ganharam judicialmente o direito de receber o pagamento do salário até o último dia de cada mês. A decisão foi publicada ontem (25) pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e também garante a correção monetária dos valores pagos, caso ocorram novos atrasos.

A ação foi movida pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte, o Sinpol RN. O argumento da entidade é motivado pelos atrasos verificados no pagamento dos servidores desde janeiro deste ano.
O sindicato afirma ainda que atraso salarial causa desfalque financeiro aos funcionários, que precisam arcar com o pagamento de juros nos seus compromissos. O Sinpol ressalta que a situação dos servidores aposentados é ainda mais grave, considerando que, em virtude da idade, precisam arcar com gastos em saúde ainda maiores que os funcionários ativos.
A ação foi movida pelo departamento jurídico do sindicato no dia 27 de abril deste ano, através de um Mandato Segurança. Na ocasião a entidade sindical declarou em nota que “a medida foi tomada após os recentes atrasados nos últimos meses e, principalmente, visando um cenário de instabilidade futura, haja vista que a cada mês que passa o Governo do Estado tem retardado a divulgação do calendário de pagamento, gerando medo entre os servidores públicos. (...) Os funcionários não podem viver nessa instabilidade”, reforça a entidade.
A decisão publicada ontem foi relatada pelo desembargador Dilermando Mota, com parecer favorável à reivindicação do sindicato. O documento ressalta que o equilíbrio das contas do estado deve ser buscado, mas que não pode causar prejuízos aos funcionários, que, de acordo com o desembargador, deveriam ser preferência em relação às obrigações do estado.
“Assim, verifico serem relevantes os fundamentos apresentados pelo sindicato e considero, ainda, evidenciada a urgência necessária à obtenção da providência liminar almejada, porquanto ter a referida verba nítido caráter alimentar”, declara o desembargador em nota publicada no Portal do Judiciário.
A defesa do Governo do Estado se baseia em dados da Secretaria Estadual do Planejamento e das Finanças. A pasta declara que o atraso afetou a todos os servidores e não apenas os beneficiados com a aprovação do Mandato de Segurança.
Em entrevista coletiva realizada na manhã de ontem, ainda antes da divulgação da decisão judicial, o governador Robinson Faria falou sobre as dificuldades financeiras enfrentadas pelo estado.
“O Rio Grande do Norte é um estado que depende em 50% de seus recursos da União. Quando a União começa a frustrar o pagamento dos repasses, que milagre econômico o governador ou o secretário de Planejamento pode fazer para cumprir os compromissos com custeio e folha de pagamento?”, disse.
Segundo ele, o RN está praticamente sem custeio nenhum, o que compromete os serviços essenciais, como a segurança. “Por outro lado, se não diminuir o custeio, não tem como pagar a folha em dia, causando insatisfação dos funcionários. Mas qual o milagre econômico se o Brasil está falido, se o país parou, se os repasses estão cada vez menores?”, questiona o governador.
Robinson Faria também compara a situação do Rio Grande do Norte com outros estados do país no que diz respeito ao pagamento da folha. “Com todas essas dificuldades, o RN ainda está entre os 10 melhores estados brasileiros no padrão de pagamento dos servidores. Ainda estamos bem, pois outros estados já têm esse calendário de pagamento entre o dia 10 e o dia 12 há muito tempo”, revelou o governador.
A reportagem procurou a Secretaria do Planejamento e das Finanças para saber se o Governo pretende recorrer à decisão, mas não conseguiu m contato.

sábado, 23 de julho de 2016

PENSANDO BEM...
Os pobres não foram feitos para a política, mas para sustentar o poder e o luxos dos políticos Desconhecido.

João Santana e Mônica Moura prestam depoimento e marqueteiro diz que negou caixa 2 para não “destruir a Presidência”

Da Folha:
Mônica Moura diz que não admitiu caixa 2 para não agravar impeachment
MÁRCIO FALCÃO – DE BRASÍLIA
FELIPE BÄCHTOLD, REYNALDO TUROLLO JR. e FLÁVIO FERREIRA
DE SÃO PAULO
Em depoimento ao juiz Sergio Moro, Mônica Moura afirmou nesta quinta-feira (21) que não admitiu antes que os serviços prestados pelo marqueteiro João Santana foram pagos com dinheiro de caixa dois na campanha de 2010 para não “incriminar” a presidente afastada, Dilma Rousseff, durante o processo de impeachment.
A afirmação foi feita logo após Mônica, mulher de Santana, reconhecer que o pagamento de US$ 4,5 milhões feito pelo engenheiro Zwi Skornicki durante a campanha de 2010 foi de caixa dois.
Ela afirmou que o pagamento foi referente a uma dívida de quase R$ 10 milhões do PT, que foi protelada. Questionada pelo juiz por qual motivo ela não reconheceu a irregularidade no pagamento, Mônica respondeu que quis preservar Dilma.
Inicialmente, ela havia dito que o depósito era referente ao pagamento de uma campanha realizada pelo casal no exterior.
“No primeiro momento, quando fui presa em fevereiro, estava passando por uma situação extrema. Não é uma coisa nada natural na vida de uma pessoa o que eu passei em fevereiro. Segundo, o país estava vivendo um momento muito grave institucionalmente, político. As coisas que estavam acontecendo em torno da presidente Dilma, não preciso falar sobre isso, todos sabem”, afirmou.
“Para ser muito sincera, eu não quis atrapalhar esse processo [político], eu não quis incriminá-la, eu não quis colocar isso. Eu achava que eu ia piorar a situação, contribuir para piorar a situação do país falando o que realmente aconteceu e eu acabei falando que foi recebimento de uma campanha do exterior. Eu queria apenas poupar de piorar a situação do que estava acontecendo naquele momento”, completou.
João Santana também deu explicação parecida. Disse que não poderia “destruir a Presidência”, já que tinha ajudado a eleger Dilma.
Segundo Mônica, a dívida total não foi paga, sendo que a última parcela não foi depositada.
Ela disse que tinha receio de receber dinheiro no exterior, mas que era prática nas campanhas receber por caixa dois. Mônica afirmou que não tinha conhecimento de que o dinheiro era fruto de corrupção. A mulher do marqueteiro chegou a chorar na audiência, se disse arrependida e afirmou que quer colaborar com a Justiça.
O casal negocia um acordo de delação.
DEPOIMENTO DO OPERADOR
Também em depoimento a Moro na tarde desta quinta-feira, o engenheiro Zwi Skornicki confirmou o repasse para Mônica Moura, mas disse que o valor pago a ela foi de US$ 5 milhões, em dez parcelas.
Skornicki afirmou que operava propina oriunda das empresas de construção naval Keppel Fels e Sete Brasil em contratos da Petrobras para entrega de plataformas e sondas. Segundo ele, os contatos na estatal eram feitos com o ex-gerente Pedro Barusco, o qual dizia que as propinas tinham como destino ele próprio e o PT.
O engenheiro relatou que chegou a criar um conta corrente abastecida com propinas para repasses ao partido, e retirou desse fundo o montante transferido a Mônica Moura. Skornicki disse que fazia os pagamentos sob orientação do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que está preso em Curitiba.
O depoente afirmou que recebeu Vaccari em seu escritório várias vezes e também manteve encontros com ele em hotéis.
Skornicki ainda declarou que providenciou o repasse de US$ 12 milhões ao ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, por indicação de Barusco.
OUTRO LADO
Procurada na noite desta quinta (21), a assessoria da presidente afastada Dilma Rousseff disse que não comentaria o teor dos depoimentos de João Santana e de sua mulher, Mônica Moura.
Dilma já afirmou que a contabilidade das eleições de 2010 e 2014 foi declarada à Justiça Eleitoral e que, se João Santana fez uso de caixa dois, a responsabilidade seria do marqueteiro.
Em nota, o PT disse que as operações foram feitas dentro da legalidade.

Serra de São Bento sedia Festival Cultural e Gastronômico

1-8-750x469
No roteiro dos bons festivais gastronômicos do Rio Grande do Norte, Serra de São Bento anuncia a programação do seu Festival Cultural e Gastronômico, agregando os projetos culturais da cidade, valorizando e resgatando a cultura local.
Mantendo o formato implementado pela atual gestão municipal, o festival tem chamado atenção pelo espaço aberto pela prefeitura aos restaurantes da cidade, num total de nove, tendo como convidado, o restaurante Paçoca de Pilão, referência na gastronomia da praia de Pirangi do Norte. Os grupos de artistas locais, a exemplo da quadrilha junina Brilho da Serra também tem ganhado destaque na programação da festa que envolve várias secretarias do governo municipal.

Turma da Dilma preocupada com Santana

santana_PT
E o blogue não está se referindo à padroeira de Caicó. O problema é outro: O grupo mais próximo da presidente Dilma Rousseff já não esconde a preocupação com os efeitos dos depoimentos do marqueteiro João Santana e sua mulher Mônica Moura ao juiz Sérgio Moro.
Santana e a mulher reconheceram que receberam recursos do petrolão via caixa 2 na eleição de 2010. Diante da contundência do depoimento, o primeiro efeito colateral já aconteceu, ontem, quando Dilma foi obrigada a mudar sua versão sobre pagamentos de suas campanhas. Disse que não autorizou pagamento de caixa 2 para ninguém. “Se houve pagamento, não foi com meu consentimento”, afirmou.

TRE recebe mais 517 nomes de políticos sob suspeita

tre_pe_sede
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) recebeu mais 517 nomes de políticos e gestores condenados pela Justiça. A lista integra, agora, um documento com 1.598 processos de prefeitos e vereadores, além de gestores municipais e federais que tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Com base nessa lista é que a Justiça Eleitoral poderá declarar a inelegibilidade de candidatos políticos.

Conselheiro de Dilma diz a Moro que mentiu à PF para 'não destruir a Presidência'

Em seu primeiro depoimento diante do juiz da Lava Jato, o marqueteiro João Santana, que atuou nas campanhas eleitorais de Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014), confessou que mentiu à Polícia Federal quando depôs aos investigadores em fevereiro deste ano, logo após ser preso pela Lava Jato, para "preservar" a presidente afastada Dilma Rousseff (PT).
 
Na ocasião, o marqueteiro disse que recebeu valores em contas no exterior referentes a campanhas para as quais ele trabalhou em outros países e negou que o dinheiro tinha relação com campanhas no Brasil. João Santana e sua mulher e sócia Mônica Moura vinham atuando nos últimos anos em campanhas petistas, mas também em campanhas presidenciais em outros países, sobretudo na América Latina.
 
Nesta quinta-feira, 21, o casal negou sua própria versão inicial e admitiu ter recebido o caixa 2 de US$ 4,5 milhões para quitar uma dívida da campanha de Dilma de 2010. João Santana citou três fatores que, segundo ele, pesaram para que mentisse em seu primeiro depoimento à Polícia Federal: o psicológico (o "susto" da prisão, ele disse que não imaginava que seria preso), o "profissional" (queria manter o sigilo do contrato com o PT) e o "político".
 
Em relação ao terceiro fator, Santana, que atuava como conselheiro de campanhas e estratégias eleitorais da petista, disse que não queria "destruir a Presidência", em um momento em que o impeachment de Dilma Rousseff era discutido na Câmara.
 
"Eu raciocinava comigo, eu que ajudei de certa maneira a eleição dela não seria a pessoa que iria destruir a Presidência, trazer um problema. Nessa época já iniciava o processo de impeachment, mas ainda não havia nada aberto, e sabia que isso poderia gerar um grave problema até para o próprio Brasil", afirmou.
 
A assessoria da presidente afastada Dilma Rousseff foi consultada pela reportagem e informou que não iria se posicionar sobre o caso neste momento.http://novojornal.jor.br/

sexta-feira, 22 de julho de 2016

CAROS AMIOS.
                         PENSANDO BEM...
O egoísmo causa a ignorância, a cólera e o descontrole, que são a origem dos problemas do mundo. Dalai Lama

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Imprensa dos Estados Unidos destaca prisão de supostos terroristas no Brasil

As emissoras de rádio, TV e os jornais norte-americanos estão dando grande destaque à notícia de que a Polícia Federal (PF) do Brasil prendeu hoje (21) um grupo suspeito de planejar um ataque terrorista durante os Jogos Olímpico do Rio de Janeiro, que começam em duas semanas.
Em manchete na página da internet, o Wall Street Journal informou que “polícia do Brasil prende dez suspeitos de planejar ataque e dois estão sendo procurados.”
Com destaque em sua página na internet, a agência de notícias Reuters disse que “o grupo é suspeito de pertencer ao Estado Islâmico e que seus integrantes são todos cidadãos brasileiros”, que fizeram contato pela internet e trocaram por WhatsApp e Telegram. A Reuters divulgou uma declaração do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, de que o grupo estava ” planejando adquirir armas para cometer crimes no Brasil e até no exterior”.

PF prende terroristas no Rio

terrorista
A primeira prisão baseada na lei antiterror foi realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (21) na Operacão Hashtag. Segundo informações da PF, um grupo, que teria sido recrutado pelo Estado Islâmico, se preparava para realizar ações terroristas durante a Olimpíada do Rio de Janeiro. As prisões ocorreram em nove estados. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, concedeu uma entrevista coletiva nesta quinta para explicar a ação e como o grupo agia.
A operação da PF prendeu 10 brasileiros que planejavam o ataque no Rio de Janeiro. A operação secreta e foi organizada pela Divisão Antiterrorismo da PF. Esta é considerada a maior ameaça aos jogos.
Cerca de 130 policiais federais cumpriram mandados judiciais expedidos pela 14a Vara Federal de Curitiba (PR). São 10 prisões temporárias, duas conduções coercitivas e 19 buscas e apreensões no Amazonas, Ceará, Paraíba, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.
Segundo a polícia, eles foram recrutados pela internet e planejavam um ataque nos mesmos moldes aos ocorridos na boate em Orlando, nos EUA, e de Paris, na França. A PF monitorou o grupo com autorização judicial a partir de abril. Nas mensagens eles relatavam compras de armamento e planejavam o ataque.
De acordo com as investigações da Divisão Antiterrorismo, os envolvidos participavam de um grupo denominado “Defensores de Sharia” e planejavam também cometer atos de terror fora do Brasil. Uma ONG com atuação humanitária e educacional também é investigada por participação no caso.

A CARA DA POLITICA BRASILEIRA...

quarta-feira, 20 de julho de 2016

PMDB recua e já flerta com PT visando eleições

Deu no Claudio Humberto:
claudio humberto novo
Pressionado por diretórios estaduais e municipais, o PMDB nacional revogou a decisão que impedia alianças de candidatos do partido com o PT, nas eleições municipais de outubro. Candidatos a prefeito, vice e vereador poderão fazer alianças com o PT após o anúncio de reverter a decisão, que deve acontecer ainda esta semana. Peemedebistas romperam com petistas após a deflagração do impeachment de Dilma.

Sobrinho de Lula é morto a tiros no Guarujá

revolverUm sobrinho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi assassinado a tiros em Guarujá, no litoral doe São Paulo, no último domingo (17). A Polícia Civil divulgou o caso nesta terça-feira (19), após identificar o autor do crime contra Marcelo Rúbio Lima Gomes, de 36 anos, conhecido como Pernão.
Segundo o G1, o crime aconteceu no bairro Pae Cará, na esquina da Avenida São João com a Rua Carvalho Pinto. Ele estava acompanhado por amigos quando começou a discutir com Marcelo Machione Mendes Faria, conhecido como Marcelinho. Os investigadores ainda não sabem o motivo da discussão.
O investigador Nivaldo Ribeiro, um dos responsáveis pelo caso, ouviu o depoimento da mulher da vítima, que afirma que o suspeito e o sobrinho de Lula se conheciam. ´Ela disse que o companheiro usava maconha e cocaína, acrescentando que estava em casa quando ouviu os disparos´, disse Ribeiro ao jornal A Tribuna.
Após a briga, Marcelo atirou três vezes contra a vítima, no peito e na coxa. Ele foi levado para o Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, mas não resistiu aos ferimentos.
Marcelo é filho de um irmão de Lula por parte do pai. O autor do crime, Marcelinho, está foragido, afirma o 2º Distrito Policial de Guarujá. (G1

Médicos afirmam que o cavalo é um importante aliado no combate à depressão

equino
Estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou que a depressão já é a doença mais incapacitante em todo o mundo. A tristeza persistente ou perda de interesse, que causam uma gama de problemas emocionais e físicos, atingem quase 7% da população mundial. O tratamento convencional é feito a partir da psicoterapia e do uso de medicamentos que agem sobre o desequilíbrio químico do cérebro. As técnicas de relaxamento, as terapias e as atividades que envolvam animais são tratamentos alternativos da doença, com resultados positivos na evolução do paciente.
“Algumas pesquisas já comprovaram que a convivência do homem com os animais é uma forte aliada na cura da depressão. Os equinos, por exemplo, podem trazer benefícios importantes no combate e no tratamento da doença. O cavalo pode aliviar o estresse, aumentar a qualidade e a expectativa de vida de qualquer pessoa”, assegura o médico Gabriel Rosas. “Distúrbios de comportamento relacional e problemas de baixa autoestima também podem ser curados a partir do contato com os cavalos”, completa a médica clínica geral, Brenda Gonçalves Rosas.
Esses dois profissionais da saúde não compartilham apenas a mesma opinião. Casados há dois anos, Gabriel e Brenda dividem o mesmo sentimento pelos cavalos Quarto de Milha. “Meu primeiro contato com os animais foi em 2012, através de amigos que criam exemplares da raça. Na época, eu fazia especialização em anestesiologia, em Campinas (SP), onde atualmente residimos. Foi ali que nasceu essa paixão, que hoje divido com a minha esposa”, revela o médico que dedica 30 horas semanais aos treinos, para participar de provas, e ao trato dos seus três animais.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Erivan desiste de disputar prefeitura para ser vice do prefeito Naldinho em São Paulo do Potengi

O prefeito Naldinho (PSD), pré-candidato à reeleição em São Paulo do Potengi, definiu o vereador Erivan de Seu Elino (PSC) como o seu companheiro de chapa.

Erivan era pré-candidato a prefeito pelo PSC e desisitiu da disputa majoritária para compor a chapa com o atual prefeito.

O anúncio será feito logo mais às 19 horas na Granja de Dodoca, no Riacho Verde.
O empresário Hudson Azevedo, que estava cotado para ser o vice, permanecerá apoiando a reeleição do prefeito Naldinho.